João Silva continuou a fotografar, mesmo com as pernas desfeitas

Ir em baixo

João Silva continuou a fotografar, mesmo com as pernas desfeitas

Mensagem por joaninha em Dom Out 24, 2010 5:07 pm

Os médicos não conseguiram evitar a amputação das duas pernas do fotógrafo português que ficou gravemente ferido no Afeganistão, na sequência do rebentamento de uma mina. João Silva, que trabalha para o «The New York Times» (NYT) foi, ainda este sábado, operado em Kandahar.

Sabe-se, este domingo, que, apesar da gravidade dos ferimentos, o repórter português continuou a fotografar enquanto o punham na maca e lhe administravam morfina.

É o próprio editor executivo do NYT quem o conta. Num memorando, Bill Keller diz que, para quem conhece João Silva, não é surpresa que o fotógrafo tenha continuado a disparar, mesmo depois de ter ficado ferido.

O repórter de guerra pisou uma mina no sul do Afeganistão. Ficou ferido com gravidade nas duas pernas, na zona pélvica e sofreu hemorragias internas. Os médicos tiveram de lhe amputar as duas pernas pela altura dos joelhos.

A mina que o português pisou estava numa zona que já tinha sido limpa pela unidade do Exército norte-americano em que estava integrado. As minas de fabrico rudimentar são os engenhos que mais contribuem para as baixas entre as tropas estrangeiras no Afeganistão.

tvi24

_________________________
avatar
joaninha
Membro Prata
Membro Prata

Mensagens : 907
Golds : 1510
Reputação : 12
Data de inscrição : 10/10/2010
Idade : 23
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário http://joaninhaw.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum